Buscar

Governança de redes interorganizacionais: Inclusão dos membros vs Eficiência do processo decisório


A democracia nas decisões é fundamental para o sucesso da cooperação em redes. Por isso, redes colaborativas têm como desafio organizar um modelo de governança em que o processo decisório seja eficiente e, ao mesmo tempo, os membros possam participar das decisões que os afetam.


Neste estudo demonstramos como três redes procuram resolver a tensão entre inclusão e eficiência. Os resultados mostram mecanismos práticos que podem ser utilizados pelas redes para que o processo decisório seja inclusivo e eficiente.


Artigo completo: clique aqui.


Joel Ricardo Rocha Schimidt, Unisinos

Douglas Wegner, Unisinos

Marcos Vinicius Bitencourt Fortes, Unisinos



0 comentário