Como a colaboração pode ajudar a resolver problemas sociais complexos?

O uso excessivo de agrotóxicos é um problema sério que precisa de soluções



A quem interessa esta pesquisa? Órgãos públicos e entidades que apoiam produtores rurais e agroindústrias, cooperativas de agricultores e sindicatos, Ministério Público e ONGs.

Sobre o que trata? A pesquisa trata de problemas sociais complexos que não podem ser resolvidos com propostas simples, como problemas relacionados ao saneamento básico, à contaminação das águas e do solo, ao descarte indevido do lixo, ao uso indevido dos agrotóxicos, às novas epidemias. A complexidade do tema exige a formação de redes colaborativas com diversos tipos de atores que, articulados, consigam propor soluções.


Que resultados esta pesquisa apresenta?

Para compreender como funcionam redes colaborativas compostas por múltiplos atores, esta pesquisa inicialmente analisou a estrutura do Comitesinos, apresentando sua composição, modelo de governança e barreiras enfrentadas pelos atores. O Comitesinos é uma rede que tem como objetivo proteger o Rio dos Sinos (RS) e garantir seu uso sustentável. A partir dessa análise, foi proposta a criação de uma rede colaborativa para minimizar o uso indiscriminado de agrotóxicos na agricultura familiar, um sério problema da produção de alimentos no Brasil. A importância desse modelo de rede está na integração entre as diversas categorias da sociedade, e, desta forma, a comunicação é possibilitada de maneira que se possa chegar a soluções que não se conseguiria individualmente.


Na prática, como aplicar esses resultados?

De maneira prática, a proposta da nova rede apresenta proposições sobre: (i) como formar a rede? (ii) que atores deveriam fazer parte? (iii) como fazer a governança? (iv) quais as dificuldades que podem surgir? (v) que resultados são esperados com essa rede? A ideia é que essa proposta inicial possa ser discutida em outros fóruns, envolvendo os próprios atores: agricultores, agroindústrias, cooperativas, sindicatos, Ministério Público, prefeituras, secretarias de agricultura e meio ambiente.


Acesse o artigo completo clicando aqui.


O que você achou desta pesquisa? Entre na discussão.

Copyright (2020) Academia da Cooperação