Buscar

Colaboração para a sustentabilidade


A governança das iniciativas de sustentabilidade pode ser classificada em três modelos: colaborativa, interna ou terceirizada. A escolha por um desse modelos afeta o desempenho de sustentabilidade da empresa. Além disso, a orientação do país para os stakeholders influencia na relação entra a governança das iniciativas e o desempenho de sustentabilidade.


Para entender esse fenômeno, os dados de 459 empresas de nove países foram coletados nas bases de Sustainalytics e Bloomberg ESG, e tais dados foram analisados com modelagem linear hierárquica e análise de regressão. Observou-se que a governança colaborativa produziu os maiores efeitos sobre o desempenho de sustentabilidade, seguida da governança de iniciativas internas e da governança geralmente aumenta esses efeitos.


O estudo contribui demonstrando que todas as formas de governança das iniciativas podem melhorar o desempenho de sustentabilidade, contudo, o grau em que cada um contribui varia, sendo a governança colaborativa a mais efetiva. Além disso, o contexto institucional é claramente importante, pois nos países onde existe uma alta orientação aos stakeholders, é facilitada a implementação de iniciativas de sustentabilidade em qualquer formato, colaborativas, internas e/ou terceirizadas.


Artigo completo: clique aqui. Bryan W. Husted, EDGADE Business School, Tec Monterrey

José Milton de Sousa-Filho, UNIFOR


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo