Buscar

Colaboração para a adoção de estratégias de sustentabilidade

A sustentabilidade está na pauta de empresas de todos os portes, mas pequenas empresas têm mais dificuldade para desenvolver e colocar estratégias com esse foco em prática. A colaboração e a atuação em rede podem ser caminhos para promover a atenção dessas empresas para o tema da sustentabilidade e ajudá-las a implementar estratégias nessa direção.

Na Alemanha, a Federação de Redes de Negócios (Mittelstandsverbund) criou um projeto chamado Profissionais do Clima (Klimaprofi), em que consultores sobre sustentabilidade acompanham pequenas e médias empresas ligadas a redes para desenvolver ações que reduzam o impacto ambiental e gerem ganhos de custos.


Esses consultores ficam vinculados a uma rede colaborativa e atendem individualmente as empresas interessadas, analisando oportunidades de redução de desperdício de energia, melhor aproveitamento da iluminação natural nos pontos de venda, instalação de fontes de energia renovável e ações de marketing com foco em sustentabilidade.


Uma dessas redes é a Sagaflor, do varejo de plantas, flores e produtos de decoração. Adotar estratégias de sustentabilidade faz muito sentido para os empreendedores dessa rede também em razão do seu perfil de clientes. Pelo menos um quarto dos consumidores desse setor, na Alemanha, toma decisões de compra levando em consideração a preocupação da loja com sustentabilidade, e esse número vem crescendo.


No Brasil ainda estamos alguns passos atrás, mas o tema sustentabilidade inevitavelmente assumirá espaço cada vez mais relevante para as pequenas empresas. Mesmo empresas do varejo podem se mover nessa direção, promovendo hábitos mais sustentáveis e decisões de compra com menor impacto ambiental. Aquelas empresas que saírem na frente podem se posicionar para atrair a atenção positiva da sociedade e liderar a mudança.

0 comentário