José Milton de Sousa-Filho, PhD

  • LinkedIn ícone social
  • plataforma-lattes1
  • Researchgate

Sou entusiasta das ideias relacionadas ao desenvolvimento sustentável e de iniciativas empreendedoras. Por isso, há mais de 14 anos venho estudando e pesquisando aspectos relacionados às questões sociais e ambientais, e mais recentemente, também tenho abordado assuntos voltados ao empreendedorismo em suas diversas perspectivas. Meu propósito é contribuir com a sociedade por meio da criação de conhecimento teórico e prático nesses temas.

 

Sou Doutor em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas (FGV/EAESP), com períodos de pesquisa na HEC Montreal (Canadá) e na EGADE Business School (México). Além de atuar como professor da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), tenho desenvolvido projetos em cooperação com pesquisadores de Canadá, França, México, Portugal e Reino Unido; e iniciativas de mercado como consultorias e novos empreendimentos.

 

Publicações selecionadas:

Husted, B. W., & Sousa-Filho, J. M. (2019). Board structure and environmental, social, and governance disclosure in Latin America. Journal of Business Research,102, 220-227.

 

Monteiro, M. S., Viana, F. L. E. & Sousa-Filho, J. M. (2018). Corruption and supply chain management in the sustainable development goals era. Corporate Governance: The International Journal of Business in Society, 18(6), 1207-1219.

 

Silvestre, B., Monteiro, M. S., Viana, F. L. E. & Sousa-Filho, J. M. (2018). Challenges for sustainable supply chain management: When stakeholder collaboration becomes conducive to corruption. Journal of Cleaner Production, 194(1), 766-776.

 

Husted, B. W., & Sousa-Filho, J. M. (2017). The impact of sustainability governance, country stakeholder orientation, and country risk on environmental, social, and governance performance. Journal of Cleaner Production, 155, 93-102.

 

Wanderley, L. S. O., Lucian, R., Farache, F., & Sousa Filho, J. M. (2008). CSR information disclosure on the web: a context-based approach analyzing the influence of country of origin and industry sector. Journal of Business Ethics, 82, 369-378.

Copyright (2020) Academia da Cooperação