O Observatório Brasileiro de Redes e Centrais de Negócios tem como objetivo reunir informações sobre as redes brasileiras e criar uma base de dados sobre como as redes operam, como se desenvolvem ao longo do tempo e as dificuldades que enfrentam. Com base nessas informações serão produzidos relatórios e documentos que possam auxiliar a formulação de políticas públicas de apoio às redes e melhorar o seu ambiente de negócios, além de servir de referência para que cada rede possa conhecer melhor o cenário de atuação.

Design sem nome_edited.png
Design sem nome_edited.png

Localização e Perfil das Redes

O maior número de redes foi encontrado no Rio Grande do Sul (94 redes). Há também um grande número de redes em dois estados importantes da Região Sudeste - São Paulo (85) e Minas Gerais (79). Dois estados das regiões Sul e Sudeste - Santa Catarina (43) e Rio de Janeiro (39) - igualmente concentram um expressivo número de redes
 

Mais da metade das redes (53%) foram formadas entre os anos 2000 e 2010, coincidindo com o período em que houve o aumento da concorrência na maioria dos setores econômicos, favorecendo o movimento de formação de redes. Ainda nesse período, os anos de 2006 e 2007 representaram o maior número de redes fundadas - 31 e 29, respectivamente.

Design sem nome (1)_edited.jpg

501 redes mapeadas*

Outubro de 2021

Consulte para ver se sua rede faz parte:

Design sem nome_edited.png